Informação, informação, informação!

Como disse no post anterior, a primeira coisa que fiz após descobrir que ia ser pai foi buscar informação!

Não consigo imaginar uma pessoa nos dias atuais que não busque o que quer… afinal…. o que é ter um filho?

Existe aquele pré-conceito de que você passará 9 meses buscando poltrona de amamentação, roupinhas, fraldas, chupeta (aaah a chupeta!) e o berço. OK… isso não é um pré-conceito pois existem pessoas (e muitas) que fazem isso, e quem sou eu para julgá-las, certo?

O meu ponto aqui é outro, o meu ponto é: questione! Afinal, por que que é assim?

Em uma busca rápida, você consegue encontrar informação… como por exemplo, por que a chupeta? (E você perceberá que o tal “BabyCenter” será um grande companheiro no início da sua jornada…. mas garanto.. será deixado de lado depois de um tempo).

Mas em meu exemplo talvez eu tenha ido um pouco além, vamos voltar: Como será a jornada do seu filho, da barriga da mãe para o mundo exterior?

Essa é uma pergunta que não vejo pessoas fazerem, pois, muito do que se prega hoje são as facilidade modernas. “Ora pois, por que irei passar horas de ‘sofrimento’ quando posso programar tudo e saber o momento em que irei abraçar meu bebê?”

Durante meu processo, tive que ouvir muita gente perguntando se já havia marcado a cesárea. O que eu mais gostava  na verdade era de ver a cara de espanto deles quando dizia que seria um parto domiciliar! (Erro No. 1: não conte para as pessoas que você irá ter um parto domiciliar…. mas isso é assunto para outro dia)

aminhacaraquando_PD

Confesso que no início eu não sabia…. de… nada! Sim, pois era normal a idéia de se esperar os 9 meses e depois ir para o hospital quando a bolsa estoura e o bebê nasce…. não é? NÃO!

Existe tanta informação disponível hoje em dia que é mais fácil não saber o caminho a ser seguido por opções demais! Não escolhe quem escolhe ficar alheio ao mundo!

Por isso, como primeiro post (com conteúdo propriamente dito), resolvi colocar alguns links que valem muito a pena ler, seja você pai ou mãe, que está nesta etapa do seu processo de maternagem ou paternagem. Os links servirão tanto para o momento antes do nascimento, quanto para o futuro. Boa leitura!

Casa Moara – A Casa Moara é um espaço em São Paulo de apoio a gestantes e pais. Possui pediatras, doulas e obstetras que atendem no local e também existem diversos cursos, todos voltados para esse mundo materno/paterno. Em especial, todas as quartas-feiras existe uma palestra gratuita a noite (as 20h se não me engano), cada semana com um tema diferente, com foco na preparação do parto e primeiros meses de vida. No site você encontra a agenda.

Casa Angela e Casa de Parto de Sapopemba – São duas casas de parto em São Paulo que oferecem também apóio a gestante, bem como atendimento gratuito pelo SUS e são referência em partos humanizados. Isso não significa que não existam regras (como por exemplo você deve ser uma gestante de baixo risco para ter o parto em casa de parto). Procure mais informações detalhadas sobre cada uma no seu respectivo site, pois são informações detalhadas demais para esse pequeno trecho do blog 🙂

Parto com Amor – O primeiro livro que li sobre parto. Ele reúne 9 relatos de parto se não me engano, dos mais diversos tipos – humanizados, cesáreas, hospitalar, domiciliar, etc – contados pelos protagonistas do parto. Possui imagens lindas e como primeira leitura, recomendo fortemente, especialmente para desmistificar alguns assuntos.

Birth as We know It – É um documentário de 2006, em inglês, que também aborda o parto humanizado. Vale a pena ver e se encantar.

O Renascimento do Parto – Este eu diria que não precisa de apresentações…. se você vai ter um filho e ja estava grávido no último mês, e não conhece o filme… diria que você mora em uma bolha…. bom, mas brincadeiras a parte, esse é um documentário brasileiro, com figuras importantes do cenário do parto humanizado no Brasil que também desmistificam aspectos importantíssimos do parto, não só humanizado, mas tudo! É uma chuva de informações e garanto que você será outra pessoa após assistir esse filme.

Livros da Laura Gutman – Essa dica é mais voltada para as mamães, porém, os papais podem me agradecer depois, pois Laura Gutman, uma renomada psicóloga, aborda vários assuntos da maternagem, coisas que nós neandertais paternos nunca pensaríamos. Durante a maternagem, pós parto e diversos momentos dessa fase, a mulher precisa de todo apóio do mundo e essa autora consegue abordá-los de uma forma que traz conforto (e as vezes encara de frente) para a mulher. No livro “Maternidade e o encontro com a própria sombra“, existe um capítulo totalmente dedicado aos pais – vale a leitura!

Cientista que Virou Mãe – Nas buscas por informações, me deparei com muitos blog ótimos sobre o assunto maternidade/paternidade. Esse em especial traz muito embasamento científico da autora que é uma ótima pesquisadora do assunto, além de outros títulos que vale a pena conferir no site.

Paizinho, Vírgula! – Leitura descontraída e com informação!

Filhas e Filhos – A primeira vez que li este blog, foi quando minha companheira me indicou esse post em específico. Foi uma leitura tranquila e que me abriu os olhos para o que ainda está por vir… afinal, o meu pequenino está com 9 meses (hoje! viva!!) e ainda temos um pouco de chão até rolar alguns episódios assim. De qualquer forma, Marcelo (o autor) aborda a paternidade dele com uma visão muito mais ampla que muitos, e garanto que tenho aprendido muito com essa leitura. Fiquei curioso em especial, pela educação ativa, que espero poder compartilhar mais sobre o tema um dia.

Caso você tenha chegado até aqui… comente! Compartilhe informações também, compartilhe esse post e com isso, espero que consigamos trazer às pessoas informações relevantes, com embasamento científico e pontos de vida que proporcionem uma ampliação dos horizontes da nossa sociedade.

Até a próxima!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s